Dentistas especializados, pertinho de você!

Posts marcados ‘clareamento dental’

Dentes sensíveis

Você já sentiu uma dorzinha desagradável ao tomar um sorvete? Uma certa reação dolorosa dos dentes a comidas ou bebidas muito frias ou muito quentes?

Medo de tomar sorvete? Só pode ser hipersensibilidade dentinária!

Em média um em cada quatro adultos enfrenta esse problema. Não é só você! A boa notícia é que essa sensibilidade dental pode ser reduzida, ou até solucionada.

De onde vem essa dor?

A sensibilidade é causada por desgaste da superfície do dente. Segundo o Dr. Rafael Cantarutti, cirurgião-dentista do Centro Odontológico Campeche, a causa mais comum é a exposição da raiz devido à retração gengival.

“Muitos pacientes sofrem da retração gengival por uma série de motivos. Quando isso acontece, parte da raiz fica exposta. A raiz não é coberta pelo esmalte, como a maior parte da superfície do dente, por isso, quando uma bebida ou alimento frio ou quente toca essa região, estímulos movimentam o fluido nos túbulos dentinários, que ficaram expostos com a retração e causam dor”.

O Dr. Rafael ressalta, ainda, que o problema maior está na reação do paciente à sensibilidade. “Principalmente se o paciente passa a não escovar bem os dentes com medo de sentir dor. Isso não pode acontecer, pois se o paciente descuidar, vai acabar com outros problemas mais sérios, como as cáries e doenças da gengiva”, complementa.

Como tratar?

1. Cuidados nos clareamentos dentais

Deixe que o seu dentista avalie o seu grau de sensibilidade antes e durante o tratamento. É possível que o agente clareador torne os dentes mais sensíveis, no entanto, isso pode ser contornado com uma correta avaliação do profissional.

“No consultório ou em casa é possível minimizar ou até eliminar o problema com o clareamento dental. Existem terapias de dessensibilização que ajudam com que todo o tratamento ocorra com a menor sensibilidade possível”, acrescenta o Dr. Rafael.

Mais dúvidas sobre clareamento? Esclareça neste post.

2. Pastas de dentes especiais

A tecnologia das novas pastas de dentes é muito avançada e ajuda quem tem o problema de sensibilidade, no entanto, trata-se de um remediador, não de uma cura para o problema.

“Com as pastas de dentes especiais o paciente pode cuidar bem da limpeza sem sentir tanta dor, o que soluciona essas dificuldades no dia-a-dia”. No entanto, para eliminar o problema, alerta o Dr. Rafael, é preciso tratar da causa da sensibilidade.

3. Tratamentos no consultório

Se o causador da sensibilidade é a retração gengival, o ideal é eliminar a exposição da raiz recobrindo-a com facetas ou usando de algum procedimento cirúrgico ou restaurador.

Outra possível causa para a sensibilidade é o uso de aparelhos ortodônticos apertados ou justos demais. Nesse caso, seu ortodontista pode ajudar. Se você é usuário de próteses, pode ser que algum grampo esteja fora do lugar. Para tudo isso existe solução.

Um dos tratamentos é com o uso de flúor em gel ou enxaguante bucal. Eles auxiliam, assim como as pastas de dentes menos abrasivas, a aliviar a dor. Pergunte ao seu dentista qual é o melhor tratamento para o seu caso. E atenção para a última dica do Dr. Rafael:

“A minha recomendação principal é que o paciente com dentes sensíveis não ignore o problema, procure-nos e vamos encontrar uma maneira de reduzir essa sensibilidade. E por último, tenha cuidado com a escovação. Mantenha os dentes bem higienizados sem desgastá-los ainda mais”, finaliza o dentista.

Saiba mais:

Visite o site da Colgate e conheça um pouco mais sobre sensibilidade dentinária.

Anúncios

Dentes brancos e saudáveis

É possível ter dentes brancos de forma segura e saudável!

Com o tempo, os dentes escurecem, é inevitável. O cigarro, café, refrigerantes, chimarrão, vinho tinto e outras bebidas escuras contribuem com essa realidade. Mesmo assim, é possível ter dentes brancos de forma saudável. Aqui no Centro Odontológico Campeche trabalhamos para buscar o melhor resultado para você, por isso, preparamos este post para responder algumas perguntas frequentes:

  • Qual é o método mais seguro?
  • Como se pode alcançar resultados rápidos e duradouros?
  • Quais os efeitos colaterais?

Em primeiro lugar, não é seguro fazer tratamentos por conta própria, sem a orientação de um profissional. Existem sites que vendem kits com produtos clareadores e fornecem dicas que prometem clarear os dentes com produtos caseiros, como o carvão, a folha de goiabeira, cascas de limão, entre outros. Até se recomenda fazer bochecho com água oxigenada e bicarbonato de sódio. Essas “soluções” são perigosas e os resultados, duvidosos.

Por isso, é melhor confiar nos resultados que foram comprovados cientificamente e desenvolvidos por meio de pesquisa e profissionais especializados.

“O processo de clareamento não é um tratamento simples. Envolve diagnóstico correto e o uso de substâncias químicas que devem ser administradas na medida certa, caso a caso”, explica o Dr. Rafael Cantarutti. “O uso exagerado dessas soluções clareadoras podem causar sensibilidade excessiva, queimaduras na boca e até manchas nos dentes”.

Nossos procedimentos

No Centro Odontológico Campeche utilizamos técnicas comprovadamente eficazes de clareamento, que combinam dois procedimentos:

  • Clareamento com uso de laser: feito no consultório, esse procedimento utiliza soluções mais concentradas e um laser que pode acelerar o processo de clareamento.
  • Clareamento em casa: preparamos uma moldeira de silicone (foto), feita sob medida para o paciente e fornecemos o gel clareador, com menor concentração, e a orientação para que o procedimento seja feito em casa por um período determinado pelo profissional. Durante o tratamento, o paciente volta ao consultório para acompanhamento clínico.

Melhores resultados são alcançados se, durante o clareamento, o paciente evitar bebidas escuras como o café, coca-cola, chá-mate e alimentos muito pigmentados, como a beterraba. É comum sentir uma leve sensibilidade na gengiva e nos dentes clareados. Essa sensação desaparece logo após o tratamento.

A manutenção do sorriso branquinho e resultados mais duradouros são mantidos com  limpeza adequada, cuidados com a alimentação e visitas regulares ao dentista.

Ainda tem dúvidas? Deixe a sua pergunta abaixo e nós teremos muito prazer em responder!

Nuvem de tags