Dentistas especializados, pertinho de você!

Posts marcados ‘escovação’

Verdade ou Mentira?

Descubra o que é real e o que é mito na odontologia

Todo mundo já ouviu algumas dessas afirmações que separamos para você. Selecionamos as dúvidas mais comuns. Se a sua dúvida não está na lista abaixo, envie-nos a sua pergunta!

“Quanto maior a escova dental, melhor!”

Mentira. Já explicamos em um post anterior que a escova dental deve ser pequena ou média, para permitir alcançar todas as regiões da boca. A escova deve também apresentar todas as cerdas da mesma altura para uma completa massagem dos dentes e gengiva, alem, é claro, de ser macia.

“A perda dos dentes é consequência natural do envelhecimento.”

Mentira. É possível chegar à velhice com todos os dentes na boca. Basta tratar bem de doenças gengivais e traumas. A composição genética do paciente também pode ser determinante, mas com prevenção adequada, qualquer um consegue manter os dentes para a vida toda.

“Só preciso ir ao dentista se estiver sentindo alguma dor!”

Mentira. A ausência da dor não significa que não há problemas bucais. Uma das doenças mais perigosas, a periodontite, que é a inflamação gengival, costuma ser bastante indolor, manifestando-se geralmente quando o caso encontra-se em estágio avançado. Leia o post e saiba mais sobre esse mal silencioso que pode até afetar o seu coração.

“Bebês que ainda não possuem dentes não precisam fazer higiene oral.”

Mentira. Mesmo sem dentes é importante que os pais façam limpeza da gengiva e região com uma gaze umedecida. Os cuidados com os dentinhos dos bebês também já foram abordados em um outro post. Vale a pena ler de novo!

“Não existe tratamento de canal em dente de leite.”

Mentira. Muitos estudos atuais apontam da necessidade de manter os dentes de leite, pois são eles quem garantem a manutenção do espaço para os dentes permanentes. Se extraído antes do tempo, acidentalmente ou não, o dente permanente pode nascer fora do lugar. Por isso, se o tratamento de canal em um dente de leite ajuda a mantê-lo na boca por mais tempo, ele deve ser realizado.

“Chupeta faz mal à dentição das crianças.”

Verdade. Pelo menos na maioria dos casos. A chupeta pode até ser uma aliada, estimulando a musculatura e o nascimento de alguns dentes. No entanto, podem ser extremamente nocivas por causar a mordida aberta anterior, um problema gerado pelo uso prolongado da chupeta. Isso acontece porque ela tende a “empurrar” os dentes, impedindo que a mordida se feche por completo nos dentes da frente. É importante consultar o dentista sobre a correta época e indicação para o uso da chupeta.

“O bicarbonato de sódio em pó na escova funciona como clareador dos dentes.”

Mentira, apesar de ser abrasivo e remover manchas externas do dente, quando usado corretamente, se usado em excesso o bicarbonato pode causar abrasão no esmalte e consequentemente, hipersensibilidade dentinária. A grande maioria dos cremes dentais existentes no mercado contém bicarbonato na sua composição, sendo o suficiente para a limpeza diária. Porém, não há potencial clareador.

Vale o alerta: cuidado com promessas milagrosas de clareamento! Muitas delas se proliferam pela internet e são enganosas. Esfregar bicarbonato de sódio e suco de limão nos dentes é uma dessas promessas que acabam por corroer e degradar o esmalte dentário, amarelando e sensibilizando os dentes. Faça clareamento da maneira segura. Leia mais sobre isso neste post.

“Restaurações em resina são mais frágeis e têm maior possibilidade de fratura e infiltração que restaurações em amálgama.”

Mentira. As resinas modernas são resistentes e preparadas para durar por muito tempo. Não ficam devendo em nada em termos de resistência e adaptação para as antigas restaurações metálicas, e ainda têm a vantagem estética de possuírem a mesma cor natural dos dentes.

Outra vantagem é que a restauração em resina necessita de um desgaste menor do dente e não possui metais pesados na sua composição, como é o caso do amálgama.

“Se o dente de leite não cair sozinho, não preciso me preocupar com ele.”

Mentira. O dente de leite é temporário e serve como guia para a erupção do dente permanente. Se ele não cair sozinho, procure o dentista da criança e deixe que ele analise a situação com o uso de radiografias.

“Os sisos devem ser removidos, antes mesmo que eles nasçam.”

Mentira, não necessariamente. Os sisos, ou terceiros molares, só devem ser removidos quando for detectada a ausência de espaço para eles ou se o seu nascimento implicar em mau posicionamento dos demais dentes.

“Não existe contra-indicação para a colocação de implantes.”

Verdade. O que existe são fatores que podem diminuir a capacidade de sucesso estético ou funcional dos implantes. Se o paciente é fumante, ou tem problemas cardíacos, ou ainda deficiências ósseas, o dentista pode precisar ter mais cuidado na hora de planejar um caso ou usar opções alternativas, sem impossibilitar a colocação dos implantes.

“Os implantes ou próteses totais (dentaduras) não necessitam de controle periódico no dentista.”

Mentira. Assim como os dentes naturais, os implantes precisam de manutenção gengival e descontaminação a cada seis meses. Pacientes com próteses também devem fazer visitas regulares para higienização e avaliação da gengiva, além de outros cuidados.

Tem mais dúvidas? Mande para a gente: contato@odontocampeche.com.br

Amiga da Limpeza

Você sabia o quanto a sua escova de dentes é importante?

São muitas as variedades... como escolher?

O mercado está repleto de diferentes tipos de escovas de dentes. Todas, sem exceção, têm a missão única de proporcionar uma limpeza adequada da boca.

Como escolher a escova ideal?

A escolha certa começa pelo tamanho da escova. Teste escovas de diferentes tamanhos até encontrar o tamanho ideal. Outro item importante é a maciez das cerdas. Utilize escovas com cerdas macias e flexíveis, pois esse será o fator que fará com que as cerdas cheguem até os lugares mais escondidos da boca.

Também é importante que a escova limpe a parte interna da bochecha e a língua, bem como massageie a gengiva. Muitas das novas escovas de dentes vêm com cerdas de diferentes tamanhos e design que favorece a limpeza de outras regiões da boca.

Como cuidar da escova de dentes?

A escova de dentes deve estar sempre limpa e seca. Para evitar que bactérias se depositem nas cerdas, siga as instruções abaixo:

  • Certifique-se de deixar a escova secar entre as escovações;
  • Depois de usar a sua escova, lave-a sob água corrente e agite para retirar o excesso de água. Posteriormente, guarde-a em uma posição vertical;
  • Não deixe que a sua escova encoste em outras quando guardada. Bactérias podem se propagar de uma escova para outra;
  • Não guarde a sua escova em ambientes fechados e abafados;
  • Troque a sua escova dental após qualquer tipo de virose, para evitar uma nova infecção.

Com que frequência devo trocar minha escova?

Os dentistas do Centro Odontológico Campeche recomendam a troca de sua escova a cada três meses.

Após esses três meses de uso normal, as escovas são menos eficientes na remoção da placa dos dentes e gengiva, se comparadas a escovas novas. As cerdas se deformam e perdem a eficiência para limpar todos os cantos ao redor dos dentes.

Além disso, é importante trocar de escova regularmente devido ao aumento da proliferação de bactérias após determinado período.

Páscoa sem dor de dente

E se além dos ovos de chocolate, o coelhinho da Páscoa trouxesse uma bela dor de dente? Evite as cáries e a temível dor com dicas simples de higiene durante as festividades deste mês!

Páscoa é tempo de chocolates deliciosos!

1. Escolha os melhores horários

Coma seus ovos de chocolate após as principais refeições e escove os dentes, no máximo, 15 minutos depois. Isso é importante porque, após as refeições, a placa bacteriana começa a se formar em até 15 minutos.

Se o alimento permanecer nos dentes, as bactérias começam a agir, e, graças ao açúcar do chocolate, se reproduzem rapidamente. Evite ingerir doces antes de dormir. Durante o sono, a produção de saliva diminui, e os riscos da formação de cáries aumentam.

2. Reduza o açúcar

Os chocolates meio amargos e ao leite costumam ser preparados com menos açúcar que os chocolates brancos. Além disso, ingredientes como nozes, castanhas e frutas cristalizadas ajudam a evitar que os caramelos e outros doces “grudem” no dente e dificultem a limpeza.

Atenção especial para os aparelhos ortodônticos! Ovos de chocolate crocante podem ocasionar a quebra ou descolagem dos braquetes! Quem usa aparelho deve preferir os ovos de chocolate puro.

3. Não descuide da limpeza

É importante retirar qualquer restinho dos deliciosos doces da Páscoa dos seus dentes. Portanto, reforce a escovação, limpe a língua, use o fio dental, e não se esqueça do bochecho!

Quer saber como? Veja as nossas dicas em vídeos explicativos!

Feliz Páscoa!

Boca Limpa, Coração Saudável

Muita gente não sabe, mas os micro-organismos nos dentes e gengiva podem aumentar o nível de colesterol ruim, além de agravar males do coração

Escovar os dentes e usar o fio dental todos os dias podem ajudar a prevenir doenças do coração


Estudos de diversas universidades brasileiras mostram que a periodontite (doença que afeta as estruturas de sustentação dos dentes da arcada dentária) tem relação com doenças cardiovasculares.

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (SP) observaram que 60% dos pacientes com vasos sanguíneos obstruídos, que precisariam de cirurgia para não infartar, tinham, em suas artérias, micro-organismos que entram no corpo através da gengiva. Esses micro-organismos atuavam como coadjuvantes na piora da saúde desses pacientes.

Outro problema foi encontrado no sangue dos pacientes. O colesterol ruim (LDL) estava presente em altas taxas principalmente no sangue daqueles pacientes que apresentavam inflamações na gengiva. E níveis altos de LDL podem contribuir para vasos sanguíneos entupidos.

A falta de higiene bucal pode prejudicar o seu coração:

  • Quando não são removidos pela escova de dentes e fio dental, as bactérias penetram a gengiva até chegar ao tecido conjuntivo, na raiz do dente. De lá, eles ganham acesso fácil à corrente sanguínea.
  • Além disso, esses micro-organismos possuem uma toxina que consegue aderir-se ao colesterol bom (HDL) e destruí-lo.
  • Com menos HDL para proteger as artérias, a quantidade do colesterol ruim (LDL) aumenta e acaba gerando riscos à saúde.

O jeito é prevenir-se com uma limpeza diária adequada e visitas regulares ao Centro Odontológico Campeche. Realize uma limpeza com um de nossos profissionais pelo menos uma vez por ano e controle eventuais problemas.

Quer ver como você mesmo pode cuidar dos seus dentes? Assista aos vídeos que selecionamos para você.

  1. Aprenda a usar o fio dental

  2. Higienize a língua logo após o uso do fio dental

  3. Escove os dentes adequadamente sempre após as refeições e antes de dormir.

  4. Use o enxaguatório bucal para finalizar a limpeza!

Fontes:
Revista Saúde, novembro de 2010
Youtube’s Vinagoncalves’ Channel