Dentistas especializados, pertinho de você!

Posts marcados ‘cárie’

Páscoa sem dor de dente

E se além dos ovos de chocolate, o coelhinho da Páscoa trouxesse uma bela dor de dente? Evite as cáries e a temível dor com dicas simples de higiene durante as festividades deste mês!

Páscoa é tempo de chocolates deliciosos!

1. Escolha os melhores horários

Coma seus ovos de chocolate após as principais refeições e escove os dentes, no máximo, 15 minutos depois. Isso é importante porque, após as refeições, a placa bacteriana começa a se formar em até 15 minutos.

Se o alimento permanecer nos dentes, as bactérias começam a agir, e, graças ao açúcar do chocolate, se reproduzem rapidamente. Evite ingerir doces antes de dormir. Durante o sono, a produção de saliva diminui, e os riscos da formação de cáries aumentam.

2. Reduza o açúcar

Os chocolates meio amargos e ao leite costumam ser preparados com menos açúcar que os chocolates brancos. Além disso, ingredientes como nozes, castanhas e frutas cristalizadas ajudam a evitar que os caramelos e outros doces “grudem” no dente e dificultem a limpeza.

Atenção especial para os aparelhos ortodônticos! Ovos de chocolate crocante podem ocasionar a quebra ou descolagem dos braquetes! Quem usa aparelho deve preferir os ovos de chocolate puro.

3. Não descuide da limpeza

É importante retirar qualquer restinho dos deliciosos doces da Páscoa dos seus dentes. Portanto, reforce a escovação, limpe a língua, use o fio dental, e não se esqueça do bochecho!

Quer saber como? Veja as nossas dicas em vídeos explicativos!

Feliz Páscoa!
Anúncios

Cuidados com os dentinhos

Cuide do sorriso de seu filho desde cedo

Desde que o bebê nasce, mesmo antes dos primeiros dentinhos surgirem, é importante ter cuidados especiais. Esses cuidados garantirão que seu filho tenha um sorriso saudável por muitos e muitos anos!

Bebês

Mesmo sem dentinhos, a gengiva precisa ser bem cuidada. Após cada mamada, limpe bem a gengiva do bebê para evitar que bactérias se proliferem na região. Use uma gaze, uma fralda limpa ou uma dedeira especial. Cuidado com os cremes dentais. Antes de usar, converse conosco!

A cárie é uma doença transmissível, por isso, beijar a boca do bebê, assoprar o alimento dele e usar os mesmos copos e talheres pode transmitir a cárie para a criança.

A primeira visita ao dentista deve acontecer por volta dos seis meses de idade, quando os primeiros dentinhos começam a aparecer. É possível que cáries já tenham se desenvolvido, por isso, não hesite em levar logo o seu bebê para a cadeira do dentista!

Depois do primeiro ano

O ideal é que após o primeiro ano de vida a criança deixe de mamar para dormir. Se ela não conseguir, deixe-a mamar e depois escove os seus dentes ou ensine-a a levantar-se para higienizar a boca.

Esse é o conselho mais importante: não deixe a criança dormir com a mamadeira! Assim como você, adulto, deve escovar os dentes antes de dormir, as crianças também precisam aprender esses hábitos desde cedo. A cárie de mamadeira é muito comum, e só há uma forma de evitá-la: escovar bem os dentes antes de dormir!

O flúor

Essa substância é importantíssima para um bom desenvolvimento dos dentes nas crianças. O flúor fortalece o esmalte dos dentes — um tratamento que ajudará a criança pelo resto da vida.

Aprenda a administrar o flúor para seus filhos conversando com o seu dentista, aqui no Centro Odontológico Campeche!

Quer saber mais?
http://www.primeiradentista.com.br
http://guiadobebe.uol.com.br/dentes
http://www.colgate.com.br

A Cárie

A palavra cárie, significa material deteriorado. E e isso mesmo que ela é: uma doença que causa a deteriorização dos tecidos dentários com a formação de um buraquinho, ou cavidade.

É um problema que atinge bilhões de pessoas há mais de 500 mil anos, de todas as raças, origens e idades. Estima-se que 95% da população mundial sofre desse mal. Você já teve cárie? Quer saber como ela se desenvolve? Veja o quadro abaixo:

http://www.colgateprofissional.com.br/pacientes/Carie-dentaria/imagem

Ficou complicado? Deixa que a gente te explica!

Principais causadores

A cárie é causada principalmente por higienização inadequada, alimentação e fatores genéticos.

  • Se a higienização não for bem feita, a cárie vai se desenvolver, porque as bactérias que se encontram normalmente na boca transformam alguns alimentos em ácidos que atacam a área externa do dente. Então, se a escovação não for ideal, os restos de comida ficam em contato direto com o dente, formando a placa bacteriana, que é o primeiro passo para a formação da cárie!
  • E adivinha quais os alimentos mais perigosos? Os açúcares! Tudo o que contém sacarose e frutose podem contribuir para a formação da cárie. Por isso, evite alimentos como refrigerantes, balas, doces, chicletes e chocolate.
  • Finalmente, ainda tem uma coisinha que pode causar cárie… a genética! Pois é, isso significa que o fato de seus dentes serem mais ou menos resistentes à cárie tem tudo a ver com os seus pais e avós!

Se ficar sem tratamento…

Se ninguém perceber que ela está ali, a cárie vai destruindo o dente aos poucos. Quanto mais tempo levar, pior fica! Aos poucos os dentes podem ficar cada vez mais sensíveis quando em contato com alimentos doces, frios e quentes. Quem já teve dor de dente sabe que não é nada engraçado!

Nos casos mais extremos, a cárie pode atingir a polpa do dente, onde estão os vasos sanguíneos e nervos. Quando isso acontece, a inflamação pode causar a morte desse tecido e o escurecimento do dente, podendo se tornar até mesmo um abscesso.

Aí, o jeito é tratar o canal do dente (endodontia). Portanto, o melhor é procurar o dentista antes que a doença chegue a esse ponto. Assim que você sentir dor quando for tomar algo gelado, quente ou doce, ou sentir algo estranho em seus dentes, corra para o dentista!

Como prevenir

A prevenção é sempre melhor que o tratamento, não é mesmo? Por isso, trouxemos algumas dicas para você!

  • Escove os dentes com paciência e cuidado, massageando bem a gengiva;

 

 

  • Use o fio dental todos os dias após as refeições, principalmente antes de dormir;

 

 

  • Evite o consumo excessivo de doces e bebidas açucaradas, como os refrigerantes. Se não conseguir deixar o chocolate de lado, prefira consumir sempre após as refeições e escove os dentes logo em seguida;

 

  • Se você tomou refrigerante, espere 15 minutos antes de escovar os dentes. Essa dica é importante, porque o refrigerante desgasta o esmalte dos dentes e se você escovar logo após o consumo, poderá intensificar esse desgaste;

 

  • Venha nos visitar a cada seis meses. Assim podemos acompanhar a sua escovação e diagnosticar a presença das cáries antes que elas virem um problema!

 

 

Viu? Agora ficou fácil se prevenir contra essa doença! Ficou em dúvida? Deixe o seu comentário que a gente te responde!